O Festival da Canção de Andradas traz dois grandes shows

O Festival da Canção de Andradas traz dois grandes shows

Dia 22/05 – Samba do Vô

Junho -  Ouro Preto

 

O projeto Samba do vô, criado em Poços de Caldas por um grupo de amigos, músicos e veteranos do carnaval sulfuroso, resgata as grandes obras de compositores consagrados como Cartola, Adoniram Barbosa, Noel Rosa, Chico Buarque, entre outros. Hoje contando com cerca de 10 membros, o grupo é marcado pelas suas interpretações autênticas e pela alegria contagiante em suas apresentações.

Com grandes sucessos do samba raiz, o Samba do Vô promete envolver público e agitar a noite do 17º Festival da Canção de Andradas.

 

Dia 23/05  – Diego Moraes

Diego-147

 

“O retorno do brilho e do carisma da música popular brasileira.”
Diego Moraes,  é um cantor que mescla o jazz e o soul com a música brasileira de forma complexa e ao mesmo tempo popular, com arranjos maleáveis  e sensuais.
Como trajetória musical há que se ressaltar a sua participação no programa Ídolos da Rede Record, em que suas apresentações comoveram o público em um clima de festival, oportunidade em que seus arranjos e suas composições arrepiavam o público.
Atualmente está gravando seu novo disco que nasceu da convivência assídua com amigos compositores e poetas entre Rio de Janeiro e São Paulo. As canções retratam de maneira poética e irônica questões amorosas e sócio-políticas e de forma leve retrata a solidão coletiva nas grandes cidades. Cômico, trágico e irônico, o artista faz a Música Popular Brasileira com o jazz e o soul de forma popular e sutil, com arranjos que agradam o grande público.

 

rodapé
17º Festival da Canção de Andradas. Projeto executado por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais. Nº0231/001/2014
CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone